Início > Dicas técnicas > Escolhendo seu equipamento fotográfico. Parte II.

Escolhendo seu equipamento fotográfico. Parte II.

Na última postagem, falamos sobre como escolher corpos de câmera de acordo com seus interesses e condições. Nesta segunda parte, falaremos sobre os tipos, marcas e funções das lentes objetivas e como escolhê-las.

Não deixe de ler a parte 1.

Antes de escolher seu set de lentes, tenha em mente o que voce pretende fotografar principalmente. As opções são amplas, mas nada adianta ter um lindo conjunto de lentes se ele não atende às suas necessidades.

Podemos dividir as lentes em basicamente três grandes categorias, as grande-angulares, as normais e as tele-objetivas.

Normais: Essas são as primeiras que temos que entender, por isso comecei pelo meio. A partir daí fica mais fácil entender os outros conceitos.  E bem, a explicação técnica para ela, seria:

“(…) uma objetiva na qual as relações de distância e de perspectiva não se alteram. Ex.: A diagonal do fotograma das câmeras que usam filmes 35mm é de aproximadamente 43mm. Sendo assim, a objetiva normal para esse formato seria uma 43mm, mas a 50mm é tida como normal por uma questão de custo de fabricação e pela facilidade de construção.”

É, chatinha mesmo essa explicação. Eu tenho a tendência de explicar de uma maneira bem boba, que a distância focal de 50mm é como se fosse a visão dos nossos olhos, por isso de normal.  A perspectiva e a distância do que é visto através da lente é a mesma.

tive que rir dessa foto

Grande angulares: Agora que sabemos o que são as lentes normais, fica fácil identificar quando uma lente é grande angular. Grosseiramente dizendo, o que for abaixo de 50mm já pode ser considerado grande angular, que, como o próprio nome diz, tem um grande angulo de visão. Essas lentes são excelentes para fotografia de paisagens ou de interiores, pois abrem bem o ângulo, permitindo enquadrar muitas coisas.

Tele-Objetivas: São as objetivas com grandes distâncias focais, que permitem fotografar algo à longa distância. Eu gosto bastante da perspectiva das teles, principalmente porque elas naturalmente reduzem a profundidade de campo, não dependendo da grande abertura da lente. É ótimo também para fotografar sem ser percebido, ou então para fotografia de retratos, sem deixar a pessoa desconfortável por você estar muito perto. Mas vale lembrar, que distâncias muito longas, acima de 200mm podem causar certas distorções. Já ouvi gente comentar que fotografia de retrato com tele deixa a pessoa com a cara achatada. Aí vai de cada um.

Além destas, ainda podemos citar à parte, as Objetivas Macro: Essas são as lentes apropriadas para se fotografar muito de perto. Podem ter distâncias focais variadas, como normal ou meia-tele. A sua caracteristica principal é que permite um foco mínimo muito próximo.  São muito utilizadas para fotografar insetos, plantas, pequenos objetos e também são as favoritas de quem trabalha com ortodontia, pois ela registra muito bem os detalhes.

(essa foto me dá agonia)

Muito bem! Agora que já entendemos as categorias das lentes objetivas, vamos às minhas opiniões sobre o que adquirir quando se está começando.

Sobre grande-angulares, meu conselho seria: só adquira se for trabalhar com algo muito específico, como arquitetura ou design de interiores, que exija o uso dela.

Recentemente fui olhar no orkut as fotos do casamento de uma colega de classe. Ela toda orgulhosa me disse que fez as fotos com um fotógrafo bastante renomado aqui da minha cidade. Pois bem, eis que 98% das fotos eram com lente olho de peixe. Nas dez primeiras eu já nao aguentava mais. E o album todinho de casamento seguiu assim, com aquele efeito distorcido. Gente, levem isso a sério, esse efeito cansa!!! Não invistam numa 10mm caríssima se a sua ideia é ficar brincando de distorcer a cara dos amiguinhos.

Normais, principalmente as luminosas, são um must-have. Depois da lente do kit, só uma lente 35mm ou uma 50mm acho que já te completa um set de lentes bem versátil. Primeira graninha que pintar, pode investir numa 50mm f/1.8 seja Canon, Sigma, Nikon que são todas baratinhas e muito boas.

As teles, também vejo como um investimento secundário, mas útil. A Nikon tem uma 55-200mm que serve de complemento para a lente kit 18-55mm que é show de bola. A Canon tem uma 70-300mm que é baratíssima e atende super bem àqueles que querem chegar mais perto. Se achar que vai usar com frequência, dentro do seu objetivo na fotografia, já está valendo o investimento.

Mas pessoal, uma coisa é certa. Se você está começando agora, tenham calma na aquisição de equipamentos. Não façam disso uma neura. Tenho certeza que para aprender a fotografar, qualquer um está bem servido com uma lente de kit.

Se você ainda tem dúvidas sobre que lente adquirir, talvez a resposta seja: não compre nenhuma por enquanto. Até porque, quando for uma real necessidade, você nem terá mais dúvidas.

Eu posso parecer uma super defensora dos equipamentos de entrada, mas vamos lembrar que este artigo é voltado para àqueles que estão começando. Gostaria de deixar isso claro, pois às vezes os novatos vão procurar na internet sobre primeiros equipamentos e se deparam com textos como este.

Nada contra o fotógrafo Fernando Paes, só acho que o artigo dele foge um pouquinho da realidade. O novato lê e pensa: “não tenho 12 mil reais para gastar com isso, vou desistir de ser fotógrafo e vou ser padeiro.”

Não é bem assim gente, dá sim para ir fazendo upgrade de material fotográfico no mesmo ritmo que você faz o upgrade de conhecimento.

Espero que tenham gostado das dicas de hoje. Não percam a 3º e última parte deste nosso Guia de Equipamentos Fotográficos, que será sobre flashes.

Até lá.

Anúncios
  1. fernandopaes
    02/06/2010 às 09:41

    Olá Huaine! Como vai?

    Obrigado pelo comentário e por ter citado meu post sobre equipamentos para fotografia de casamento. Eu já sabia que seria um post muito polêmico e que o assunto é bem amplo, e é bom ouvir outras opiniões! A idéia não era definir uma verdade sobre o fato, mas sim poder dar um norte a quem quer começar na fotografia DE CASAMENTO. Pessoas podem iniciar seus estudos investindo muito pouco, é verdade. Mas para oferecer um serviço profissional e de confiança é preciso bem mais que 1 camera, uma lente de kit e um flash. Mas é muito bom que quem deseja começar possa ver várias opiniões sobre essse assunto! O pingback do seu artigo tá lá no site, bom para quem está buscando cada vez mais respostas sobre esse assunto tão amplo!

    Um abraço,
    Fernando Paes – Fotógrafo
    http://www.fernandopaes.com.br

    • 02/06/2010 às 09:59

      Olá Fernando, obrigada por aparecer por aqui.
      Que bom que você é muito compreensivo e não viu meu pingback como uma ofensa ao seu artigo.

      Na realidade, ele está muito completo e concordo que na fotografia de CASAMENTO, voce deve estar sempre muito bem preparado, com equipamento backup e de primeira.

      O objetivo do meu artigo é que fosse bem voltado para àquele que está começando e ainda não tem noção do que adquirir e nem da área que vai atuar. Essa variedade de material assusta mesmo os novatos.

      Legal que agora o pessoal tem mais fontes de informação, assim seu trabalho completa o meu e vice-versa.

      Um abraço.

  2. Tereza Jardim
    02/06/2010 às 10:09

    Com licença… Posso entrar?

    Li o artigo do Fernando ontem, repliquei no twitter do meu blog e hoje vi esse aqui, e já tinha visto a parte 1. Como gostei bastante dos dois, devo estar no meio do caminho, rsrsrs…

    Estou começando a fotografar, e apesar de concordar com a Huaíne sobre a compra gradativa dos equipamentos conforme o negócio for dando retorno financeiro, eu já senti a necessidade de um equipamento mais completo. Em um casamento. E não foi nada legal… rsrsrs!

    Mas é assim mesmo, eu já sabia que a carreira fotográfica é cara, quem não nascer rico tem que ir investindo aos poucos mesmo.

    Parabéns aos dois, pelos artigos e pela diplomacia e respeito mútuo aos respectivos trabalhos!!

  3. 02/06/2010 às 16:19

    Olá Huaíne! (Até hoje não sei como se pronuncia…rs)
    Moça, muito bom esse seu Artigo. Muito útil!!
    Eu já há algum tempo estava gostando muito do que estava lendo e vendo sobre a D5000. Agora confirmou mais ainda que essa deve ser minha próxima Camera…rs
    Sobre as lentes, realmente não sabia o que pensar, visto que nunca tive contato essas lentes.
    Obrigado!

    • 02/06/2010 às 16:26

      Oi André.
      Que boom que gostou. Se está começando, acredito que estará muito bem servido com a D5000.
      Para complementar o assunto, dê uma lida no artigo do Fernando que está muito bom também.

      Sobre o nome, é só ver num dos vídeos tutoriais, eu sempre falo no início hehehe.

      Abraço e bom feriado.

      • 03/06/2010 às 23:57

        Obrigado!

  4. Rodrigo Yazbek
    04/06/2010 às 15:01

    Muito úteis as informações que obtive aqui. Como muitos visitantes também estou iniciando na fotografia. Muita leitura e poucos cliques é o que estou fazendo atualmente. Quanto ao meu investimento, comprei o kit da Canon T1i, mais uma lente Canon Ef-s 55-250 tele, e um flash YN-468 Flash Speedlite (ouvi dizer que é bom, mas ainda não chegou.. e foi uma barbada). Com isso já gastei R$ 2.834,00. Tenho convicção que mesmo com muitas horas de estudo, cursos e prática não poderei me aventurar profissionalmente em eventos como casamentos. Mas espero poder atuar em alguma área que me permita ganhar um dinheirinho e ir investindo em equipamentos mais profissionais. Lembrando que sou policial civil e a fotografia é uma atividade para as folgas dos plantões.

  5. 10/06/2010 às 16:11

    gostei muito das dicas e estav em duvida entre a canon e a nikon, mas depois de saber de varios detalhes positivos em relaçao as lentes da nikon, vou optar por este fabricante.

    muiot obrigado , parabens pelo blog

    forte abraço a todos

  6. 11/07/2010 às 10:03

    Muito bom! Adorei!

    • Reginaldo Andrade
      24/10/2010 às 12:20

      Olá para todos !
      Sou motociclista e um apaixonado por fotografia.Nas minhas viagens fotografo tudo que posso, motos, amigos, lugares, etc…
      Estou pesquisando uma boa camera para iniciar, não conheco nadinha sobre lentes . Já estou lendo a quase um mês, optei pela Canon 7D com lente do kit. Primeiro bastante treino para eu conhecer a máquina e depois sigo as dicas de lentes, estou anotando tudo que leio. Estou aprendendo um pouco com todos, não serei profissional e não pretendo ganhar dinheiro com fotos, apenas gosto de fazer direito aquilo que me proponho a fazer.
      Muito bom o artigo, parabéns. Nós iniciantes nessa arte agradecemos.

  7. Luana Kahara
    08/05/2011 às 23:58

    Adorei o artigo. Realmente para quem estar começando como eu ajuda e MUITO.
    Justamente por ser simples, claro.
    Estou pesquisando para comprar uma boa camera, nos deparamos com os mais diversos blogs e foruns, mas muitas vezes para quem não entende o linguajar acaba não ajudando, são muitas opiniões a respeito da melhor marca, lente…
    Ficamos literalmente perdidos hehe!
    Gostei muito do artigo porque nos da confiança de começar devagar, sem sair comprando tudo pela frente… é fotografar, fotografar, fotografar e aos poucos descobrindo as necessidades e aí sim… ter certeza e confiança do quer ou precisa!

    Valeu mesmo!
    Abraço

  1. 10/07/2010 às 10:08

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: